Serviços de armazenamento no Microsoft Azure

Neste post irei falar um pouco sobre os 5 principais serviços de armazenamento no Microsoft Azure.

1 – Containers (Blobs)

Azure Blob Storage é uma solução de armazenamento de objetos para a nuvem. Esta solução é otimizada para armazenar grandes quantidades de dados não estruturados, como texto ou dados binários.

Esta solução geralmente é escolhida em cenários onde é preciso prover imagens ou documentos diretamente para um navegador da Web ou quando é preciso armazenar arquivos para acesso distribuído.

2 – Azure Files

Este serviço permite que as organizações configurem o compartilhamento de arquivos de rede, que são acessíveis por meio do protocolo SMB (Server Message Block). Permitindo que várias máquinas virtuais possam compartilhar os mesmo arquivos com acesso de leitura e gravação. Seguindo o mesmo conceito do típico compartilhamento de arquivo local.

Os dados armazenados no Azure File também podem ser acessados usando a interface REST ou bibliotecas de client de armazenamento.

3 – Disk Storage

O Disk Storage ou traduzindo para o português “Armazenamento em disco”, fornece discos que aplicações, máquinas virtuais e outros serviços podem acessar e utilizar conforme o necessário. Isso é feito da mesma forma como já é feito no cenário On-premises.

Existem dois tipos de Disk Storage, sendo eles:

  • Discos gerenciados – São discos gerenciados pelo azure.
  • Discos não gerenciados – São discos gerenciados pelo usuário ou cliente.

4 – Azure Queues

É um serviço utilizado para armazenar e recuperar mensagens.

Cada mensagem de uma fila pode ter até 64 KB de tamanho, e uma fila pode conter milhões de mensagens. Essas filas são geralmente utilizadas para armazenar listas de mensagens que precisam ser processadas de forma assíncrona.

5 – Azure Tables

O Azure Tables é um serviço de armazenamento de dados NoSQL, projetado para armazenar grandes quantidades de dados estruturados. Este serviço aceita chamadas autenticadas de dentro e fora do Azure.

Este serviço costuma ser utilizado quando é necessário armazenar TBs de conjuntos de dados estruturados que não requerem “joins” complexos, “foreign keys” ou “stored procedures” e que podem ser desnormalizados para rápido acesso.

Esses foram os 5 principais serviços de armazenamento no Microsoft Azure.


Leia mais sobre esse assunto na documentação oficial da Microsoft.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s